Museu Inimá de Paula

Até pouco tempo atrás a gente passava por aqui e via um prédio com as marcas do tempo onde já funcionaram o Clube Belo Horizonte e o Cine Guarani, um espaço meio apagado, meio sem cor. Mas cor é exatamente o que a obra do artista Inimá de Paula nos transmite. Com a iniciativa da Fundação Inimá de Paula, Belo horizonte ganhou um novo cartão postal, o Museu Inimá de Paula. São mais de 3 mil metros quadrados totalmente restaurados e remodelados com tecnologia de ponta e segurança, iluminação, e recursos visuais únicos, uma homenagem mais que merecida a um dos maiores artistas plásticos de Minas. Mais de 100 profissionais trabalharam na reforma e instalação dos seis pavimentos do Museu, numa obra realizada com a preocupação de gerar o mínimo transtorno e garantir a segurança e a qualidade de vida no seu entorno. Dos 680 metros quadrados de telhado aos 1300 metros quadrados de piso original de taco restaurado, passando pelas 120 portas e janelas totalmente recuperadas foram feitos serviços de demolição, construção, instalação de equipamentos, pinturas, instalação elétrica e hidráulica, tudo isso para que Belo Horizonte ganhe um grande espaço para Cultura e mais um cartão postal.
COMPARTILHE: